Mês: julho 2015

O expositor das Escrituras precisa ser pastoreado: O pensamento de Agostinho sobre a mentoria espiritual

8 de julho de 2015

O pensamento de Agostinho sobre a mentoria espiritual Por Edward L. Smither Os líderes cristãos do século XXI deveriam considerar seriamente os pensamentos de Agostinho sobre o trabalho mentorial em um comunidade trinitária de amigos cristãos. As pessoas do mundo ocidental, em grande parte, vivem correndo para realizar mais e mais, e para atulhar de […]

Read More

Lutero como professor e pregador

7 de julho de 2015

Por Gustav Just Por determinação de seus superiores, Lutero começou sua atividade docente como professor de Filosofia; se bem que, de preferencia, teria feito preleções sobre Teologia. Esse seu grande desejo não tardaria a se tornar realidade. Já no ano de 1509, ele recebeu a autorização para dar aulas de exegese escriturística a seus aluno.

Read More

O problema do plágio na pregação

6 de julho de 2015

Por James Carter        Todo pregador é influenciado por outras pessoas. Em alguns casos, pode ser difícil determinar a origem de uma declaração ou conceito.

Read More

Agostinho e a relutância em estudar – Confissões

6 de julho de 2015

Agostinho Neste período da infância cujo perigo temiam menos para mim do que o da adolescência, não gostava do estudo e tinha horror de ser por ele obrigado. Por meio desta coação, faziam-me um bem – embora eu procedesse mal -, pois não aprenderia se não fosse constrangido. Todavia, contra vontade, ninguém procede bem, ainda […]

Read More

Além de bom expositor bíblico, é necessário se relacionar bem com a igreja.

5 de julho de 2015

Por James Carter Por mais competente que os pastores sejam no tocante à exposição bíblica, à compreensão dos princípios de crescimento de igreja e às complexidades da organização eclesiástica, não conseguem ministrar de forma adequada sem ter um bom relacionamento com os membros da igreja. Essa relação determina se pastor e igreja veem um ao […]

Read More